Postagens populares

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Chuva de dinheiro para os ativistas gays de São Paulo. A prefeitura petista sob Fernando Haddad vai dar R$ 1,6 milhão para o evento, o dobro do que o PSDB deu no ano passado.

Chuva de dinheiro para os ativistas gays de São Paulo. A prefeitura petista sob Fernando Haddad vai dar R$ 1,6 milhão para o evento, o dobro do que o PSDB deu no ano passado.

Clique no link abaixo para ler o artigo:
http://intoleranciahomossexual.blogspot.com.br/2013/05/chuva-de-dinheiro-para-os-ativistas.html

O PT não tem jeito. A hermenêutica e a epistemologia do Deputado Petista Luiz Couto rejeita a Nova Maioridade Penal. Enquanto o PT (esquerdistas, socialistas, verdistas, comunistas e social-democratas) for a maioria na política, a impunidade e a prostituição continuarão em todas as dimensões da vida.

Relator defende rejeição de nova maioridade penal

Deputado Luiz Couto (PT-PB) considera inconstitucionais todas as propostas de emenda que tramitam na Câmara para reduzir idade mínima criminal. Para ele, passar de 18 para 16 anos não reduzirá a criminalidade


O deputado Luiz Couto, relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 171/93, considerou a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos inconstitucional. Em relatório entregue nesta segunda-feira (13) à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, o petista considerou a matéria – e outras 32 a ela apensadas – incompatíveis com a Constituição Federal. O parecer não tem data para ser votado.

Caso o relatório de Luiz Couto seja aprovado pela comissão, todas as propostas serão arquivadas. No entanto, se o parecer for derrubado, um novo relator será indicado para elaborar um parecer favorável à matéria. Nessa hipótese, ela seguirá depois para uma comissão especial que analisará o mérito da proposição.

No relatório, Couto, que é padre e presidiu a Comissão de Direitos Humanos da Câmara (CDH) em 2010, afirma que diminuir a idade penal para 16 anos não resolveria de “forma alguma” o problema da impunidade. “Se a idade fosse fator positivo, os maiores de 18 anos não cometeriam crimes, quando, na verdade, são protagonistas de mais de 90% deles”, disse. Para corroborar a posição, citou opiniões do ex-ministro da Justiça Marcio Thomaz Bastos e do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello.

De acordo com o deputado, a fixação da maioridade penal de 18 anos na Constituição está “intimamente ligada” ao princípio da dignidade humana. Ele ressaltou que a Carta Magna, nesse trecho, seguiu uma tendência internacional consagrada na Convenção sobre os Direitos da Criança, ratificada pelo Brasil em 1990. Também aponta, citando especialistas, que é direito do adolescente de até 18 anos ser julgado de forma diferente de um adulto.

Para o deputado petista, a discussão da maioridade penal não pode ser feita no caso de descumprimento do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) pelo Estado. Ele entende que a solução para o envolvimento de menores de idade com crimes virá da aplicação de boas políticas públicas e sociais e não de uma eventual mudança constitucional. Também citou as medidas socioeducativas previstas no ECA, que vão da advertência a internação por até três anos.

“O Estado aplicando efetivamente essas medidas socioeducativas, qualquer menor que cometeu um delito e se internando em estabelecimento educacional, deverá ter plena recuperação para o convívio social e não cometerá tantos crimes”, disse. O relator acredita que a maioridade de 18 anos, como é hoje, “significa o comprometimento com a valorização da infância e da adolescência, por reconhecer que são fases especiais do desenvolvimento do ser humano, portanto, relacionadas à dignidade da criança e do adolescente”.

Nas últimas semanas, após crimes cometidos por adolescentes menores de 18 anos, como o assassinato de um jovem em São Paulo em abril, o debate sobre a redução da maioridade penal retornou ao Congresso. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, por exemplo, chegou a apresentar uma proposta para aumentar o tempo de internação, de três para oito anos, nos casos mais graves, como homicídio.

O tema divide os parlamentares. “A nossa sociedade mudou nestes 23 anos”, disse o deputado Jutahy Junior (PSDB-BA), ao fazer discurso hoje no plenário da Câmara defendendo a diminuição da maioridade penal. Para ele, jovens menores de 18 anos podem “matar sem sofrer as menores consequências”. Ele propõe que o ECA seja atualizado com uma nova faixa etária, de acordo com o Estatuto da Juventude.

Fonte:
http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/relator-pede-rejeicao-de-nova-maioridade-penal/



Divulgação:











sábado, 11 de maio de 2013

O psiquiatra Lyle Rossiter nos comprova que o esquerdismo é uma doença mental (O modelo de mente esquerdista / Competência em uma sociedade livre / Por que a mente esquerdista é uma patologia? / Os cinco déficits principais do esquerdista / Uma cura para o esquerdismo?)

O psiquiatra Lyle Rossiter nos comprova que o esquerdismo é uma doença mental (O modelo de mente esquerdista / Competência em uma sociedade livre / Por que a mente esquerdista é uma patologia? / Os cinco déficits principais do esquerdista /  Uma cura para o esquerdismo?)

Clique no link abaixo para ler o artigo:http://psicologiareformacional.blogspot.com.br/2013/05/o-psiquiatra-lyle-rossiter-nos-comprova.html

quarta-feira, 8 de maio de 2013

A apologia ao infanticídio nos meios universitários

A apologia ao infanticídio nos meios universitários

Apesar de chocante, muitas universidades estão apoiando pesquisas pró-infanticídio nos últimos anos.
 
Clique no link abaixo para ler o artigo:
http://pedofilianauniversidade.blogspot.com.br/2013/05/a-apologia-ao-infanticidio-nos-meios.html

DUAS LÉSBICAS esquerdistas com apoio dos seus ídolos políticos invadem um CULTO EVANGÉLICO e praticam orgias.

DUAS LÉSBICAS esquerdistas com apoio dos seus ídolos políticos invadem um CULTO EVANGÉLICO e praticam orgias.

Alguns deputados que são inimigo da cultura e cosmovisão judaico-cristão:
Os deputados Jean Wyllys (PSOL-RJ), Chico Alencar (PSOL-RJ), Domingos Dutra (PT-MA) e Érika Kokay (PT-DF) e Marina Santanna (PT-GO)
Clique no link abaixo para ver a foto e falta de respeito dos militantes gays em culto evangélico. Imagine quando eles dominarem toda a política, judiciário, legislativo e o executivo?

(VÍDEO) - PT vai dar um golpe no Brasil - Veja a mensagem subliminar da Propaganda do PT 2013 d.C para as eleições 2014 d.C.

(VÍDEO) - PT vai dar um golpe no Brasil - Veja a mensagem subliminar da Propaganda do PT 2013 d.C para as eleições 2014 d.C.

Clique no link abaixo para assistir o vídeo:http://cienciapoliticaedireitoshumanos.blogspot.com.br/2013/05/video-pt-vai-dar-um-golpe-no-brasil.html

domingo, 5 de maio de 2013

PEDAGOGIA DO CRIME - (desenvolvido por professores e pensadores marxistas)

PEDAGOGIA DO CRIME - (desenvolvido por professores e pensadores marxistas)

Clique no link abaixo para ler o artigo:
http://direito-penal.blogspot.com.br/2013/05/pedagogia-do-crime-desenvolvido-por.html

Marxismo: a máquina assassina por R. J. Rummel (professor emérito de ciência política e finalista de Prêmio Nobel da Paz, ...)

Marxismo: a máquina assassina por R. J. Rummel (professor emérito de ciência política e finalista de Prêmio Nobel da Paz, é o mais aclamado especialista mundial em democídio, termo que ele cunhou para se referir a assassinatos cometidos por governos.  Escreveu o livro Death by Government, leitura obrigatória para qualquer pessoa que queira se inteirar das atrocidades cometidas por governos.  Ao todo, Rummel já publicou 29 livros e recebeu numerosas condecorações por sua pesquisa.)

Clique abaixo para ler o artigo:
http://cienciapoliticaedireitoshumanos.blogspot.com.br/2013/05/marxismo-maquina-assassina-por-r-j.html

Odioso preconceito - (“A mais odiosa forma de preconceito moral está na historiografia que condena em voz alta os crimes e perseguições de um lado, e esconde ou defende os do outro.”)

Odioso preconceito - (“A mais odiosa forma de preconceito moral está na historiografia que condena em voz alta os crimes e perseguições de um lado, e esconde ou defende os do outro.”)

http://historiareformacional.blogspot.com.br/2013/05/odioso-preconceito-mais-odiosa-forma-de.html